22
JAN
2016

Salário tem queda maior entre trabalhadores com mais escolaridade

Posted By :
Comments : 0

Os dados sobre mercado formal divulgados nesta quinta-feira (21), mostram queda de rendimento maior entre trabalhadores com mais escolaridade. Em 2015, o salário médio de admissão (já descontada a inflação) caiu 4,55% entre empregados com ensino superior completo e 4,69% entre os que tinham ensino superior incompleto.

No caso dos analfabetos, por exemplo, a retração é de 1,69%. Na faixa do ensino médio, o salário recua 3,01%, enquanto para aqueles com ensino fundamental completo há crescimento de 1,46% – é a única situação com resultado positivo no ano passado, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Previdência Social. Na média, o salário de admissão recuou 1,64%, para R$ 1.270,84.

Entre empregados com ensino superior completo, a média chega a R$ 2.905,13. É nessa faixa que se nota maior diferença no recorte por gênero: o salário de admissão: o das mulheres corresponde a 66,02% do recebido pelos homens – diferença de R$ 1.223. A média geral é de 87,9%. Na outra ponta, entre os analfabetos, os rendimentos quase se equivalem – a relação é de 95,76%, com média R$ 969,03.

O maior salário médio foi registrado em São Paulo (R$ 1.467,38) e o menor, em Alagoas (R$ 964,28). Só duas unidades da federação tiveram crescimento no ano passado: Distrito Federal (5,39%) e Amapá (0,96%). As maiores quedas foram registradas em Pernambuco (-6,54%), Alagoas (-5,32%), Rio de Janeiro (-4,49%) e Acre (-4,46%).

De 2011 a 2015, o salário médio de admissão cresceu 9,95%.

Fonte: RBA

Deixe uma resposta

*

captcha *