07
AGO
2017

CTB inaugura sua sede própria em São Paulo

Posted By :
Comments : 0

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) inaugurou sua sede nacional própria, a Casa da Classe Trabalhadora, na noite da última quinta-feira (3), no bairro de Perdizes, na capital paulista.

“Celebrar a inauguração de um espaço como este é fundamental para fortalecer a classe trabalhadora e assim seguirmos lutando, ainda com mais força, para melhorar a situação de vida do povo”, disse Adilson Araújo, presidente da CTB, no discurso de abertura do ato inaugural da nova sede.

A inauguração da Casa da Classe Trabalhadora vem confirmar a disposição de luta da central que mais cresce no Brasil na defesa das forças democráticas e por um projeto de unidade e resistência.

Wagner Gomes, secretário-geral da CTB, relembrou, emocionado, a combativa trajetória da central nestes 10 anos de existência. “A criança está crescendo, já é quase uma adolescente e agora teremos que cuidar ainda melhor para que cresça e apareça com toda a força necessária para superarmos os embates da conjuntura imposta pela reforma trabalhista e a retirada de nossas conquistas”, disse ele.

Com a presença de lideranças de inúmeros sindicatos de todo o país, entidades estaduais da CTB, políticos, representantes dos movimentos sociais e de centrais sindicais, a festa teve muito samba, alegria e reflexão. No repertório musical, MPB e samba ao som de Altair Rodrigues, Railidia Carvalho e Edu Batata.

Como afirma o vice-presidente da CTB, Vicente Selistre, “a nossa central chega aos 10 anos defendendo o principio da unidade das forças populares para construirmos um país soberano e justo para o seu povo”.

O secretário-geral da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Canindé Pegado, afirmou que a sede própria ajuda a fortalecer a luta sindical. “É uma importante conquista para o fortalecimento da justa luta e unidade de ação das centrais sindicais”.

O secretário-geral da Força Sindical, João Carlos Gonçalves, o Juruna, destacou o importante papel da CTB na construção da unidade sindical. “A CTB tem sido fundamental na construção da unidade. Juntos temos tido a capacidade de ação conjunta em defesa de nossas conquistas”.

A presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Marianna Dias, falou do papel de resistência desempenhado pela CTB. “Esta casa deve ser a fortaleza da resistência dos movimentos sociais, sob sol ou chuva, para restabelecer a vida democrática”.

O presidente Adilson Araújo reforçou a necessidade de união, marca da luta da central na última década. “É fundamental nos irmanarmos, para combinarmos a luta social com a institucional. Sem medo de ser feliz. E assim fazer desta casa um espaço de luta e resistência”

Fonte: Portal CTB

Deixe uma resposta

*

captcha *