02
MAIO
2018

Adilson Araújo: 1º de Maio em defesa da CLT e da Constituição Federal

Posted By :
Comments : 0

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Celebrou-se neste 1º de Maio os 75 anos da Consolidação da Lei do Trabalho (CLT), criada em 1943 através do Decreto-Lei 5452, promulgado por Getúlio Vargas. É um instrumento fundamental do Direito do Trabalho para a defesa da classe trabalhadora contra os abusos e a exploração de que é vítima no capitalismo. Também neste 2018 completam-se 30 anos da Constituição Cidadã de 1988, que igualmente consagra relevantes conquistas sociais e políticas.

A CLT e Constituição são alvos hoje da ofensiva das forças conservadoras. Ambas foram golpeadas pela nova legislação trabalhista, bem como por operações duvidosas do Judiciário como as que resultaram na condenação e prisão do ex-presidente Lula, sem provas concretas, atropelando o princípio constitucional da presunção de inocência e com o mal disfarçado propósito de impedir a candidatura da maior e mais querida liderança popular da nossa história à Presidência.

Neste 1º de Maio a classe trabalhadora brasileira, sob a liderança das centrais sindicais, fez um enérgico pronunciamento unificado em defesa da democracia, da soberania e dos direitos sociais, contra as reformas trabalhistas e previdenciária de Temer e pela liberdade imediata de Lula.

Através da luta haveremos de elevar a consciência e a mobilização do povo brasileiro para barrar o retrocesso e reconstruir o projeto nacional de desenvolvimento com democracia, soberania e justiça social interrompido e golpeado pela deposição de Dilma Rousseff e ascensão do governo ilegítimo de Michel Temer.

À luta sempre.

Adílson Araújo
Presidente da CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil)

Fonte: CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil)

Deixe uma resposta

*

captcha *